terça-feira, dezembro 13, 2005

"Uma galáxia marada"

Crítica ao livro: "Uma galáxia marada"
“Uma galáxia marada” é um livro que fala de assuntos sobre o espaço, palnetas, estrelas, galáxias...Este livro fala de verdades e de piadas, ou seja transmite verdades desconhecidas sobre o espaço, com um bocadinho de piada, não tornando o livro tão pesado e maçador.
Gostei bastante do livro porque o autor teve um grande sentido de humor, conseguindo assim chegar ao seu objectivo, transmitindo ideias quer conhecidas quer desconhecidas de uma maneira divertida.
Na minha opinião acho que aprendi bastante com este livro e aconselho-o a quem goste realmente de assuntos sobre o espaço, planetas, estrelas e galáxias. Também o aconselho a quem não se interessa muito por este assunto, pois tenho quase a certeza que ficará interessado pelos assuntos abordados no livro.

o livro de ir á india

Da autoria de José Letria, este livro é enriquecido com as ilustrações de Lídia Lobo Martins.
Este livro fala-nos de um jovem que nas suas aventuras encontra um livro nas fendas da rocha de uma praia.
O livro é um diário onde se contam várias aventuras vividas por Gil Eanes, um rapaz de 16 anos que acompanhou Vasco da Gama na sua viagem à Índia.
Este livro é bastante emocionante como todas as aventuras que relatam feitos, esta é uma obra extraordinária de um dos mais premiados autores portugueses contemporâneos, enriquecida com ilustrações de Lídia Lobo Martins.

Manuel Prazeres
Nº11 8ºD

Calvin e Hobbes

Calvin é um miudo que tem 6 anos e que o seu melhor amigo e o Hobbes um tigre de peluche, é um miudo muito brincalhão.Ele decidiu ir para o Alasca porque se chatiou com os pais.Calvin e rapaz rebelde, anda sempre a fazer pripecias e a arranjar sarilhos.
Eu gostei muito do livro porque e de banda desenhada e gosto muito dos livros com o Calvin e com o Hobbes.

Ines Porfirio nº8 8ºD

Eldest

Eldest o segundo da triologia da Hereança.
A continuação das aventuras de Eragon e Saphira. Neste segundo livro Eragon e Saphira serão treinados por elfos. Eragon aprende novos feitiços e tecnicas de combate.
Quando chega a cerimónia de Juramento de Sangue Eragon recebe uma benção dos dragões onde desaparece a cicatriz das suas costas e muda a sua aparência. No dia seguinte Eragon descobre que se parecia mais como um elfo, a sua resitencia e força também mudaram. Mais tarde os Varden são atacados pelo exército do rei Galbatorix, onde aparece um nova Cavaleiro e um novo dragão treinado pelo pr´prio rei, Eragon e Saphira descobrem que esse Cavaleiro era Murtharg, um amigo de Eragon que pensava ter sido morto. No fim Eragon volta para o seu treino com os elfos.
Um livro cheio de acção, que cativa as pessoas que gostam de livros com magia.
Para enyender a hitória é preciso ler o primeiro volume da triologia Eragon


Rodrigo João Ribeiro Castro Pinheiro
8ºD nº 24

A lua de Joana

"A lua de Joana", um livro de Maria Tereza Maia Gonzalez. Um livro muito bom e interessante.
A meu ver é um livro que tem muito a ensinar à juventude de hoje em dia; está escrito em forma de cartas que Joana escreve à sua melhor amiga que, morreu com uma overdose. Joana, uma jovem revoltada e triste com a morte da sua melhor amiga, escreve-lhe cartas para, de certo modo desabafar com ela.
A Joana quando fez anos pode, finalmente, mudar o seu quarto, como já tinha pedido à sua mãe, à algum tempo. Pintando-o todo de branco e pendurando uma lua mesmo no meio do quarto que, conforme a sua desposição, podia estar em quarto crescente ou minguante.
É um livro cativante que nos alerta para certos e complicados problemas da vida. É um livro fascinante.

Raquel Monteiro 8ºD n.º21
13-12-05

segunda-feira, dezembro 12, 2005

Crítica ao Diário de Anne Frank

Crítica ao Diário de Anne Frank
“Diário de Anne Frank”, é o diário de uma adolescente que viveu o pesadelo da 2ª Guerra Mundial, a perseguição aos judeus, tendo que “mergulhar” (termo utilizado para designar o desaparecimento voluntário de pessoas perseguidas e que passavam a ter uma existência clandestina), o local escolhido foi a casa das traseiras do escritório da empresa de seu pai.
No dia do seu 13º aniversário, Anne recebeu um diário, em que decidiu escrever cartas à sua amiga imaginária Kitty. Grande parte destas cartas foram escritas no anexo, ao som dos bombardeiros e são um desabafo sobre o que a preocupava e os seus problemas, os problemas de uma adolescente privada da liberdade.
As páginas deste diário tornam-se um relato verídico da perseguição aos judeus, o sofrimento de quem era obrigado a “mergulhar” e o terror de ser descoberto. Ilustrando também as limitações de viver em “segredo”, para fugir à tortura de Hittler.
O livro é aconselhado a quem goste de história e a quem quer tentar perceber como foi vivida a guerra pelos judeus e a violência que sofreram nos campos de concentração. Depois de ler este livro é impossível não deixar de pensar o porquê desta guerra que matou milhares de pessoas por preconceitos como o racismo e a xenofobia.


Maria Santos Carlos Martins
nº13 8ºD

sexta-feira, dezembro 09, 2005

Objectivo Golo.Um golo de ouro

O autor do livro é Nuno Magalhães Guedes.
O meu livro fala de um grupo de amigos que organizou uma equipa de futebol.
Depois eles participaram num torneio e ai se percebe porque que o livro se chama Um Golo de Ouro.
Eu escolhi este livro porque já tinha lido os outros livros desta colecção e os livros interessaram-me muito e também gosto bastante de futebol. Os livros estão bem explicados.


Filipe Ribeiro Nº5-8ºD

Critica da Lua de Joana

Eu gostei muito de ler este livro , porque fála dse um dos problemas da actualidade, a droga. Uma amiga da Joana, a Marta, morreu devido a o consumo de drogas, e a Joana, depois da sua morte decidiu começar a escrever cartas à sua amiga, depois de ela morrer. Antes do inicio do ano, a Joana não lhe apetecia ir comprar os livros da escola, porque a sua amiga não estava com ela. Quando começaram as aulas, a o logar da marta estava vazio, ninguém se quis sentar lá , o que fez com que a Joana se sentisse ainda pior. Quando a mãe da Joana quis modificar a casa, a Joana pediu-lhe um baloiço em forma de lua, onde ela escreve as cartas à sua amiga. A Joana não sabia como a marta foi tão parva ao ponto de se drogar. Mais tarde, o seu irmão arranjou uma amiga, a que vendia a droga a Marta. Elas conheceram-se e a Joana pediu-lhe, para exprimentar. Com o efeito da droga até tatuou um relogio no pulso. A Joana recuperou das drogas e acaba aqui a minha critica.


Trabalho elaborado por Cátia Gonçalves, nº7, 8º C

Harry Potter e a pedra filosofal

Eu gostei muito do livro, pois é cheio de acção e muita fantasia.
Este livro fala de um rapaz chamado Harry que ao completar onze anos descobre que é feiticeiro e que afinal os seus pais não morreram de um acidente de carro, pois quando os seus pais morreram os seus tios ficaram com ele e não lhe queriam dizer que ele era feiticeiro e quem matou os seus pais foi um terrível feiticeiro chamado Voldemort, e que lhe tentou matar mas não consegui e transferiu alguns dos seus poderes deixando também uma cicatriz em forma de trovão na testa.
Harry vai para para o colégio de Hogwarts de Magia e Feitiçaria e aprende o desporto Quidditch e participa num jogo e ganha e aprende também um jogo de peças vivas de xadrez.
Harry descobre que na sua escola está a pedra filosofal e que Voldmort quer a pedra para voltar a ter uma vida completa porque sem a pedra tinha meia vida. Uma noite Harry, Hermione e Ron vão ao terceiro andar da escola (o que era proíbido a todos os alunos) e enfrentam um cão de três cabeças e outros perigos até que o último perigo é um jogo de xadrez gigante e Ron é o cavalo e no fim do jogo magoa-se e Hermi0one fica com ele mas Harry continua sozinho e enfrenta o Voldmort, porque queriam os dois a pedra mas a pedra foi parar ao bolso do Harry devido ao espelho porque havia lá um espelho que mostra o maior desejo de qualquer pessoa, e Voldemort queria muito a pedra então a pedra não apareceu e mandou Harry ver-se ao espelho e mostrava a pedra a aparecer no seu bolso. Voldmort descobriu que a pedra estava no bolso de Harry e tentou matá-lo mas Harry tentou fugir e destruiu-o e o espírito (de Voldmort) "fugiu".
A pedra foi destruída e voltou quase tudo ao normal.
Final do ano a equipa do Harry ganha a taça.
Harry volta a casa um pouco triste pois vai sentir muito a falta dos seus amigos.


Ana Matias 8ºC Nº4

Uma bolada no vidro

Crítica



LIVRO- “Uma bolada no vidro”
EDITORA- Verbo
AUTOR- Nuno Magalhães Guedes
VOLUME- 3
PERSONAGEM PRINCIPAL- JP




O JP e os amigos só pensam na bola. Para ser mais exacto são fanáticos por futebol.
E como já era costume, chegaram os problemas. Desta vez calhou ao Carlos, num remate sem crer, que bateu no vidro da janela de uma sala.
Este é o facto que marca o livro, mas o JP e os amigos vão fazer o possível para pagar o vidro que o Carlos partiu.
Com muita bola pelo meio, este livro cativou-me pelo que me levou a lêlo, o futebol, apesar de existir um certo sentido de humor que ajuda a entusiasmar o leitor.
Gostei bastante do livro e aconselho este livro mais aos rapazes que ás raparigas, devido ao assunto que sobressai no livro, o futebol.



Trabalho realizado por:
Miguel Perez Perdigão 8ºD nº 16

O principezinho

O livro do principezinho fala-nos de um menino que conta uma história aos seus amigos, e a história é a seguinte:
O principezinho era um rapaz que vivia sozinho num asteróide(B612), muito
pequeno, e o seu sonho era conhecer novos asteróides, mas um dia o principezinho deu por uma rosa linda mas muito mentirosa e arrogante e ficou todo contente falaram muito e ela disse-lhe que era a única rosa que existia e ele acreditou. Um dia o sonho do principezinho foi realizado, visitando vários asteróides. O principezinho parou no planeta terra e verificou que a rosa não era a única e ficou muito triste, mas continuou a gostar muito dela, pois ele estava muito contente por ter conhecido e rosa e todos os asteróides.
Gostei do livro, porque tem muita fantasia.


Carolina Deus 8.ºC n.º 5

O Dia do TERRAMOTO

Gostei do livro porque fala de um tema muito interesante que é sobre um terramoto.
Critica do livro:
Para mim este livro está bem organizado porque primeira está a ficção e depois está a história verdadeira. Os autores fiseram um bom trabalho.
Não tenho nada de mal a dizer sobre o livro. Está bom.
O livro fala de um tema bastante interessante porque fala de uma catastrofe que ocorreu em Lisboa no ano de 1775


Ruben Vieira - 8ºC Nº22

A vassoura mágica

Título:A vassoura mágica
Autora:Luísa Ducla Soares

Crítica: Achei este livro engraçado embora que eu não goste muito de ler,tem imagens bem desenhadas, bonitas e a história é divertida. As letras do texto do livro não estão nem muito pequenas nem muito grandes, estão num bom tamanho para se ler.
Aconselho este livro a quem gosta de histórias de fantasia.


Margarida nº19 8ºC

Livro:O menino que não gostava de ler

Livro: O menino que não gostava de ler
Autora: Susanna Tamaro

Eu gostei muito de ler o livro O menino que não gostava de ler é um livro muito interessante que fala acerca da leitura. É um livro com muita imaginação, em que consiste dizer que ler é bom, saber ler é bom. É um livro pequeno, tornando-se fácil a sua leitura. Tem imagens engraçadas, e compreensivas para quem não perceber alguma coisa acerca do texto.


Nuno Filipe nº21 8ºC

A aventura Olímpica de 1928 a 1956

Este livro fala dos Jogos Olímpicos de 1928 a 1956, foi bastante interessante lê-lo. Aprendi várias coisas sobre os jogos Olímpicos e algumas muito interessantes, como os desportos de Inverno e os desportos Radicais. Gostei muito da parte do atletismo e da equitação. No final deste livro fala de várias pessoas importantes na História Olímpica.
Aconselho a pessoas que gostam de desporto, principalmente dos jogos Olímpicos a lerem este livro.

João Maria Jorge 8ºC nº17

Harry Potter e a ordem da fénix

«Harry Potter e a ordem de fénix» é quinto livro escrito pela escritora J.K. Rowling.
Os primeiros capítulos e o capítulo «Grawp» são um bocado chatos, mas para além disso o livro é bom. Tem cenas muito interessantes como em a que ele é quase expulso da escola de Hogwarts, a em que o Dumbledore é substituido por outra directora e a em que Dumbledore cria um exército (uma antiga Ordem Secreta) que se voltou a organizar.
Neste livro o seu tio (Sirius Black) morre e o Harry, os seus amigos, os devoradores da morte e Voldemort encontram-se no menistério da magia.
Gostei muito do livro à excepção da morte do Sirius.


João Cecílio 8.ºC n.º16

futebol radical

O que achei do livro:
O livro que li chama-se futebol radical gostei do livro porque fala de futebol aprendi algumas coisas, como jogar em equipa, o livro fala de uma equipa chamada MAX que ganha torneis e campionatos.
Critica do livro:
Para mim o livro não tem nada de mal os autores fizeram um excelente trabalho acho que não fui o unico que gostei do livro. As imagens do livro estão bem dezenhadas o texto também está bom, dou os meus parabéns aos autores.
GOSTEI DO LIVRO.



Rui Ferreira - 8ºC Nº23

quinta-feira, dezembro 08, 2005

O feiticeiro do Palácio Azul

“O Feiticeiro do Palácio Azul”
Livro de Alan Temperley

“O Feiticeiro do Palácio Azul” é um livro de Alan Temperley, do Editorial Presença, o n.º 80 da coleção Estrela do Mar.
Este livro fala da história de uma bela jovem chamada Anahita que vive numa pequena cidade indiana. E da chegada de um poderoso feiticeiro, Zohak Ali, que mudou a vida tanto de Anahita como de toda a cidade.
Zohak Ali era cruel, obriga Anahita a abandonar a cidade. Ao regressar ela vê-se numa nova cidade, uma cidade triste, faminta. O feiticeiro tinha destruído a cidade, algo de estranho se estava a passar...
Se lerem este livro vão poder acompanhar a viagem de Anahita para libertar a sua cidade do domínio de Zohak Ali.
Este livro é um livro fácil de ler, divertido, com muita magia e que de certeza vão gostar de ler.



Marta Antunes 8º D nº 15

8º C Francisco Marques

O Bando dos Quatro
e a estrela de doze pontas

Esta história começa quando um rapaz chamado Carlos e o seu tio vão fotografar umas explosões com dinamite.
Quando eles iam a correr para o sítio das explosões o Carlos estava demasiadamente próximo da arrebentação houve uma explosão e o Carlos foi atingido com pedras e terra em cima e foi quando descobriu um estranho achado. Uma estrela de doze pontas.
Depois disso o seu tio, João, resolve estudar sobre o estranho objecto encontrado na biblioteca local mas recebe a noticia que foi roubado precisamente o livro que queria.
Quando Carlos está na casa do tio vê vultos suspeitos na zona da arrebentação durante a noite.
Então começa-se a falar num tesouro escondido e Carlos e Frederico, que é o seu melhor amigo, conhecem Catarina (uma lisboeta neta do marquês local) e decidem investigar.
No meio da aventura acabam por serem apanhados e presos dentro de uma vala mas então resgatados, por Álvaro, irmão do Carlos.
Carlos chama uns amigos para salvarem Catarina e Frederico pois ficaram no buraco enquanto o seu irmão foi buscar a polícia.
Depois ficaram a saber que o tesouro pertencia a um frade que deixou o tesouro para o rei D. Sancho I e que descobriram que o tesouro se encontrava no solar do avô da Catarina e descobriram o tesouro na cave.
O tesouro não era moedas nem de ouro nem de prata mas sim, um crucifixo, uma bíblia e uns pergaminhos.
Carlos ficou decepcionado mas o tesouro valia mais de que pensava.

spider - man (super herói) e (de volta)

A historia passa-se em manhattan uma grande cidade nos Estados Unidos de um estudante chamado peter peterson e que estava a tirar o curso de fotografo e que amava a mary Jane (M.J.).
Num dia foi a uma viagem de estudo de um laboratório de aranhas, e de repente, uma aranha desce e dá lhe uma picada extremamente dolorosa e então peter ficou esquisito mas depois passou.
E então foi ai que começaram os sintomas, peter começou a ganhar super poderes e então torna-se o homem aranha!
Este livro fala de aventuras em que ele passou, contra os maiores vilões de sempre!
O livro é bom, mas dedicado para as crianças e como eu não sou nenhuma criança não gostei muito mas até se lê! Este livro é baseado no filme, não achei, porque o filme corta muito mas gosto mais do filme do que o livro! Mas já saiu o novo livro mas este herói já vem desde muito tempo é um “herói clássico” e que todas as crianças não conseguem perder um episódio!
Gosto muito da ortografia como está escrito! Está escrito de uma maneira que está sempre acontecer momentos de grande entusiasmo! E aconselho a ler o livro!!


Frederico Meneses nº 13 8-c

Maldita Matemática

O livro que eu li tem o nome de ‘ Maldita Matemática’, porque conta-os a história de um menino, que ia ter teste de matemática. Se ele tirasse boa nota o seu pai ia-lhe comprar uma bicicleta, e pôs se a estudar toda a tarde do dia anterior ao teste, chega a hora de ir para a cama e ele adormece e sonha que está num sítio onde as pessoas em vês de serem humanos eram números. Esse menino chama-se João e conhece um número 7 que fala-lhe de números mágicos, que o podem ajudar no teste. No dia seguinte, dia do teste, o João já sentado na aula chama pelo número mágico 137 e sonha acordado. O número 7 tenta ajuda-lo a fazer o teste, mas o João não o teve tempo de acabar. Muito triste, lembra-se da bicicleta que o seu pai lhe daria se tivesse boa nota. O João depois de sair das aulas vai à loja onde se encontra a bicicleta e pede ao dono da loja para a experimentar, e sai da loja com ela e desaparece no horizonte como num sonho….
Eu não gosto de ler muito, por este motivo é que escolhi este livro porque é daquele género de livros com poucas páginas, mas gostei muito de o ler. O que gostei mais neste livro foi de ele desaparecer com a bicicleta no horizonte como um sonho, de resto gostei de tudo. O livro devia ter mais acção e mais aventura, porque é desse género de livros que eu mais gosto.

Alexandre Marques
Nº1
8ºC

Tudo sobre a Adolescência

"Tudo sobre a adolescência é um livro de Bettie B. Youngs e Jennifer Leigh Youngs.
É um livro lido principalmente pelas adolescentes, que esclarece algumas dúvidas e sentimentos da adolescência. Trata de vários temas, divididos em partes,são eles " Quem sou; Amigos; O Poder do Amor; Atitudes para uma vida de sucesso; decidir o que fazer da vida; Marcar a diferença e Lidar com momentos embaraçosos". É um livro onde se encontram várias dicas de alguns jovens que passaram por situações difíceis e que nos dão ideias de como lidar com esses problema. Além das dicas, também tem algumas frases que nos fazem pensar em certos momentos da nossa vida como por exemplo "O sucesso não se mede pelas vitórias,mas pela maneira como recuperamos dos erros". "Os heróis são pessoas normais com uma diferença: quando alguém precisa de ajuda, eles ajudam". "O trabalho expulsa três grandes demónios: o aborrecimento, o vício e a pobreza.
Acho que todas as adolescentes devem ler este livro porque é como um diário e um manual de sobrevivência.

Carolina Feliciano
Nº2
8ºD

O Mundo Fascinante de uma Adolescente

O Mundo Fascinante de uma Adolescente

Este livro fala de uma rapariga chamada Ally Love, que vive em Londres com o seu pai (Martin), com uma rapariga extravagante desejosa de poder o controlo (a sua irmã de dezassete anos, Linn), uma completa cabeça no ar(a sua irmã de quinze anos, Rowan), e com um verdadeiro coleccionador de animais, Tor).Juntos formam a Família Love apesar das particularidades de cada um, tudo corria bem até ao dia em que uma rapariga chamada Kyra aparece na sua escola (Palace Gates), ela criticava todo e todos, e era muito antipática.
Ally e Sandie (a sua melhor amiga) tinham um projecto de História para entregar, mas como elas estavam muito atrasadas no projecto, Miss Thomson (professora de História), mandou Kyra fazer o projecto com elas. (o que foi um pesadelo para as duas).
Kyra infiltra-se em casa de Ally, tentando conquistar tudo á volta de Ally, as suas irmãs, o seu irmão, a sua melhor amiga e até os seus animais de estimação. Kyra era uma espécie de «vampiro pessoal» tentando sugar tudo o que existe á volta de Ally.
Quando finalmente parecia que elas tinham acabado o projecto de História Kyra entornou as tintas por cima do projecto. (Esse projecto era uns posters, onde tinham assinalo a localização das ruas das cidades para um teatro que umas crianças iam fazer). Kyra sentindo-se culpada por tudo aquilo que fez, no dia seguinte volta á escola para fazer outro projecto sozinha, Sandie e Ally ao verem aquilo ficam surpreendidas, com o gesto de Kyra, Ally fica com pena dela e tenta ser amiga dela.
No dia seguinte o pai de Ally fez anos e quando o seu pai chegou a casa todos lhe deram os Parabéns e entregaram-lhe uma prenda ( um retrato dos seus filhos, Linn, Rowan, Ally e Tor), o pai adorou a surpresa.
O livro é muito interessante (apesar dos nomes deles, e até dos animais serem todos esquisitos).
Recomendo este livro a todas as Adolescentes que gostem de ler, e também aquelas que não gostam muito (como eu), podem ficar a gostar porque é uma história super divertida, onde ficam a conhecer o mundo fascinante de uma Adolescente!

Trabalho elaborado por:
Ana Catarina
Nº3
8ºC

Um clube a sério

Um clube a sério

O meu livro fala de um equipa de futebol “O MEGAMAX FUTEBOL CLUBE”.
O livro fala de um grupo de amigos que formaram um clube, mas uns anti-
-futebol os
bola –f tudo fazem para a destruir.
Um dos amigos do JP vai para o hospital porque partiu uma perna mas mesmo sem um colega de equipa JP e os amigos conseguem ganhar o título.
Se quiserem saber mais, aconselho a ler o livro.
Gostei deste livro não só porque gosto de futebol mas também porque se aprende a trabalhar em equipa.
Eu já tinha lido os livros todos menos este, aconselho a ler este livro a todas as pessoas que sabem ler e a quem gosta de futebol.



Marcelo pires
Nº12, 8ºd

quarta-feira, dezembro 07, 2005

Bando dos Quatro e a Estrela de Doze Pontas

João Aguiar “A estrela de doze pontas” é o primeiro livro das aventuras do “Bando dos quatro”, mas é um dos muitos livros escritos pelo autor João Aguiar. O autor João Aguiar passou também a escrever livros para jovens, editando o primeiro livro do “Bando dos quatro”, em Outubro de 1997, Lisboa. Escolheu quatro jovens para o seu livro, porque já havia aventuras com três e quatro jovens, um jovem era pouco e seis eram demais, por isso ficou quatro. São livros diferentes do que o autor João Aguiar costumava escrever, mas este é um dos melhores. Apesar de escrever livros para jovens, como “O ladrão invisível”, “A fórmula secreta”… também continua a escrever para adultos, como “O canto dos fantasmas”… O livro “A estrela de doze pontas” é importante ler-se, porque revela a formação do “Bando dos quatro” e caracteriza cada personagem. Depois de ler o livro “A estrela de doze pontas” é impossível largar estas aventuras. Bom para ler aos poucos, nos tempos livres e em qualquer lugar.
Mariana Cruz 8.ºC n.º20